Buscar
PORTAL
DA SAÚDE
PORTAL
24 HORAS
Iptu Issqn Refis
Refis Refis
Agência de Notícias

07/08/2018 15:05
Representantes da Zona Industrial de Weihai e da Câmara de Comércio Brasil-China estiveram reunidos com a secretária de Governo Salete Horst e diretores da Secretaria de Turismo



Comente!

Representantes da Zona Industrial de Weihai e da Câmara de Comércio Brasil-China estiveram reunidos com a secretária de Governo Salete Horst e diretores da Secretaria de Turismo

A secretária de Governo, Salete Horst, os diretores Ednardo Aguiar (Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços) e Jihad Abu Ali (Assuntos Internacionais), ambos da Secretaria de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, receberam na manhã de hoje (07) representantes da cidade Weihai, na China. 

A pauta do encontro foi o desenvolvimento econômico entre os municípios. O vice-presidente da Câmara de Comércio de Desenvolvimento Internacional Brasil-China, Liao Roberto, o secretário Geral, Yue Zhuo e Liao Ricardo (Diretor Comunidade) também acompanharam a reunião.

Na ocasião, Salete Horst apresentou informações sobre o cenário econômico de Foz do Iguaçu. O turismo segue como principal setor, movimentando outros segmentos da cidade, o que gera empregos e maior receita para a Administração Pública. A área da Indústria também receberá investimentos com a concessão de áreas do Distrito Empresarial e Industrial. Cerca de 40 empresas demonstraram interesse em se instalar ou expandir negócios no local. A expectativa é que mil empregos sejam gerados nos próximos meses.

Outro ponto positivo apontado dentro do tema foi à confiança dos investidores em Foz do Iguaçu. Com ações da prefeitura na infraestrutura e na desburocratização dos serviços públicos, a iniciativa privada projeta R$ 1 bilhão em empreendimentos. São novos hotéis, redes atacadistas, parque aquático, rede de farmácias, entre outros, que se instalarão nos próximos cinco anos.

Turismo e indústria
Weihai, província de Shandong, mais ao nordeste da China, possui características semelhantes a Foz do Iguaçu. A cidade recebe muitos turistas coreanos, em função da proximidade geográfica e também por conta das belas ilhas e fontes termais. O turismo movimentou mais de R$ 25 bilhões em 2016. A cidade ainda possui uma Zona de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico (ETD), que funciona como uma Zona Franca e também um Parque de Ciência e Tecnologia Torch, aos moldes do Parque Tecnológico de Itaipu (PTI).

A delegação chinesa em visita é formada pelo diretor Geral do Comitê Administrativo da ETD, Lyu Xiadong, o vice-chefe do Departamento de Organização de Weihai, Sun Yujian, o diretor do Bureau Comercial de Weihai, Yu Mingtao, o vice-chefe do Departamento de Organização da ETD, Tan Bo, o intérprete Yin Zhiwei e o presidente da Weihain Runze Food Co, Qin Weitao.

Comentário