Buscar
PORTAL
DA SAÚDE
PORTAL
24 HORAS
Iptu Issqn Refis
Refis Refis
Agência de Notícias

04/12/2017 08:24
Propostas serão abertas na sede da estatal em Brasília. Vigência do contrato será de até 675 dias e valor previsto é de R$ 60 milhões.



Comente!

A Infraero divulgará hoje (04) a empreiteira ganhadora da licitação para a repaginação do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu. O critério avaliado para seleção é o menor preço global das propostas, de acordo com o edital. O investimento previsto é   de R$ 60 milhões.

A licitação inclui a elaboração dos projetos básico e executivo, execução das obras de reforma e ampliação do terminal de passageiros e vias de acesso, instalação de fingers, reforma do pátio de aeronaves, construção de guarita e reforma e ampliação dos sistemas elétricos.

Após as obras, o terminal iguaçuense será um dos mais modernos do país. As principais melhorias são a instalação de quatro pontes de embarque e desembarque, os chamados fingers, mais duas posições simultâneas de embarque e desembarque remoto. Os equipamentos vão garantir mais conforto aos passageiros.

“É uma obra muito aguardada pelo trade turístico local e vai permitir que os usuários fiquem protegidos do sol, chuva e do vento, mantendo a temperatura ambiente na aeronave no embarque e desembarque, feitos por uma espécie de túnel elevado conectado no segundo andar do terminal”, explica o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla.

Para receber os fingers, a Infraero elaborou um novo projeto de readequação do terminal de passageiros, o que inclui a construção de um novo espaço para abrigar os serviços administrativos e a uma nova configuração da praça de alimentação. Com as mudanças, a sala de embarque passará a funcionar no piso superior, que vai triplicar de tamanho para receber as pontes. A sala de checkin irá ter mais que o dobro de capacidade, passando de 600 metros quadrados para 1300 m².

“Importante destacar que a repaginação do terminal de passageiros, que terá agora a instalação de fingers, conta com o apoio do deputado Fernando Giacobo e da diretoria da Infraero. Com essa obra, mais o projeto de extensão da pista atual e, futuramente, o novo sistema de pistas, faremos com que o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu seja um dos mais modernos do país, administrados pela Infraero. Se hoje já somos o aeroporto que mais cresce no Brasil, seremos também, em breve, uma nova porta de entrada e saída do País pela costa oeste, e isso será fundamental para a atração de novos voos internacionais junto às companhias aéreas”, avalia Piolla

Ampliação da pista

Ainda de acordo com o secretário, após a execução dos serviços de recape (obra em andamento), as entidades locais, com apoio da Infraero, vão em busca de recursos para a ampliação da pista existente. A proposta é estenter a atual pista em 600 metros - projeto idealizado pelo Fundo Iguaçu -  para que o terminal de Foz tenha a autonomia necessária para voos sem escala aos Estados Unidos e Europa. Hoje, o comprimento atual da pista é de 2.195 metros, e não comporta este tipo de operação no aeroporto. 

Licitação

O prazo de vigência do contrato da empresa vencedora, que irá modernizar o aeroporto, é de 675 dias (um ano e oito meses) consecutivos contados a partir da expedição de ordem de serviço inicial, sendo que 450 dias consecutivos será para execução dos serviços; 15 dias consecutivos para o Recebimento Provisório; 90 dias consecutivos para expedição do Termo de Recebimento Definitivo dos serviços e 120 dias consecutivos para pagamento final.

A expedição da Ordem de Serviço Inicial somente se efetivará após a publicação do extrato do contrato no Diário Oficial da União. A execução do contrato será monitorada, controlada, gerenciada e fiscalizada pelo cronograma físico-financeiro e a estrutura analítica de projetos.

O cronograma físico-financeiro deverá ser detalhado na Fase de Planejamento pela empresa vencedora, devendo ser apresentado até cinco dias úteis após a emissão da ordem de serviço.

O resultado, assim como as outras propostas, será divulgado no Portal da Infraero, na aba licitações. 


Comentário