Buscar
PORTAL
DA SAÚDE
PORTAL
24 HORAS
Iptu Issqn Refis
Refis Refis
Agência de Notícias

30/08/2017 17:27
Em reunião na Câmara de Vereadores, Chico Brasileiro e Wagner Mesquita se reuniram com vereadores para anunciar a parceria entre a Prefeitura de Foz e o Governo do Estado



Comente!

Foi anunciada na manhã desta quarta-feira (30), no plenário da Câmara de Vereadores de Foz do Iguaçu, a parceria entre o Município de Foz e o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Segurança Pública, no projeto do Centro Integrado de Inteligência, unificando o trabalho das forças de segurança da fronteira. O Município fará a doação de um terreno, localizado anexo à Guarda Municipal, no Parque Presidente, para que o Estado possa tocar a construção do prédio, previsto para ser incluído ao orçamento estadual no ano que vem. 

Pelo projeto, a área que possui aproximadamente três mil metros quadrados, deverá ser ocupada com uma obra de 500 a 600 metros quadrados, construída pelo Governo do Estado e com o apoio da Prefeitura de Foz do Iguaçu na operacionalização e capital humano do Centro Integrado após pronto. O projeto já vem sendo discutido nas esferas municipal, estadual e federal, e segundo o secretário de Estado da Segurança Pública, está em andamento. “O próximo passo é levar à Secretaria Nacional de Segurança Pública, para buscar ferramentas de integração nacional integrando o sistema de software e hardware ao prédio para sermos modelo para o Brasil inteiro. Queremos melhorar a qualidade de trabalho da segurança publica de todo Paraná e, consequentemente, de outros estados com o passar do tempo. Vamos gerar informação, trabalhando o controle de fronteira e a gestão da informação”, disse Mesquita.

Ainda segundo o secretário de Estado, haverá um controle mais efetivo do trabalho policial em toda a região de fronteira, “e isso é muito importante, principalmente no momento que a gente percebe que o crime organizado está avançando em todo país”, comentou.

Para o diretor da Guarda Municipal, Jussier Leite, o Centro Integrado de Inteligência será construído para proporcionar ações cooperadas e integradas de segurança. “A integração da GM com outros órgãos de segurança fortalecerá a Guarda Municipal no trabalho preventivo que continuará sendo feito. Acreditamos que o projeto tem a diminuir ainda mais a criminalidade nesta região”, destacou. 

O prefeito enfatizou que a parceria é muito importante para Foz do Iguaçu e representa um avanço para a segurança pública. “É preciso reforçar essa articulação com estratégias conjuntas para que possamos reunir capital humano, tecnologia e inteligência para diminuirmos os indicadores de violência na cidade. Com muitas ações aperfeiçoadas entre Município e Estado, estaremos desenvolvendo estratégias preventivas”, pontuou Brasileiro. 
                                                    

Comentário